Imersão no país dos “Ch’tis”

 

 

 

 

 

 

Acompanhei um grupo de Angolanos da empresa Epal, durante três semanas, para um curso, na França.

 

Foram três semanas de imersão no dominio das águas, neste período tivemos diversas formações e eu fui intérprete e guia do grupo, as intervenções ocorreram no Norte da França, próximo de Lille, além de aulas teóricas, fizemos trabalho de campo, e eu os acompanhava em cada momento, traduzindo e interpretando.

 

 

 

Os cursos  eram realizadas de segunda a sexta feira em horário comercial, e eu fazia todas as refeições com eles, muito mais que exercer o trabalho de intérprete  eu pude conhecer a cultura Angolana, os hábitos, o estilo de vida, os costumes…. foi uma experiência riquíssima em termos profissionais e pessoais.

 

 

 

 

Nos finais de semana pudemos ver de perto Lille e conhecer também, Arras uma cidade linda, com uma arquitetura encantadora e apreciamos as especialidades Chtit, a fabricação da cerveja artesanal as fritas, sem esquecer do forte e delicioso Maroille,  apesar do frio úmido, pude apresentar uma « partezinha » do Norte de França, e também as especialidades da região e como diz o ditado os Chtits possuem o sol no coração, fomos muito bem recebidos  em todos os lugares que passamos.

 

Foram três semanas com muito trabalho, muita informação, mas houve muita troca cultural, entre França, Angola e Brasil.

l.

Pas de commentaire

Ecrire un commentaire